Buscar

Saiba como lidar com a demissão de funcionários da maneira correta


O momento de desligamento de um colaborador da empresa é difícil tanto para ele quanto para quem faz. Afinal, trata-se de uma situação delicada em que é preciso muitas vezes frieza, visto que as emoções estão afloradas. O fato é que muitos gestores têm dificuldades em lidar com a demissão de funcionários e tornar o processo menos desagradável.

Independentemente de ter sido um pedido do profissional ou uma decisão interna é necessário cuidado para não ferir a integridade do funcionário e nem prejudicar a imagem da empresa. Pensando nisso, separamos algumas estratégias que vão ajudá-lo a fazer um processo correto. Confira!

Comunique ao funcionário a decisão

Antes mesmo de decidir por demitir um funcionário, a empresa precisa ter certeza de que essa é a melhor opção. Por isso, avaliar a situação de maneira detalhada é importantíssimo. Por exemplo, se o desempenho do colaborador vem caindo, tente antes conversar com ele sobre isso. Se ele melhorar, o gestor pode avaliar se vale a pena mantê-lo.

No entanto, se a situação estiver ligada a algum comportamento proibido ou inadequado é preciso comunicá-lo sobre a decisão tomada. O funcionário não pode receber a notificação no susto. Afinal, um dos segredos da gestão de sucesso é justamente saber lidar com situações extremas de maneira racional e assertiva.

Garanta o cumprimento da lei

Uma regra básica para lidar com a demissão de funcionários da maneira correta é seguir o que diz a legislação sobre os direitos do profissional. Isso evita que a empresa sofra com processos judiciais no futuro, mas também seja justa com o colaborador que a serviu.

Na demissão por justa causa, o trabalhador terá direito ao salário proporcional aos dias trabalhados no mês, bem como as férias desde o começo do mês até o dia da notificação. Diferentemente da demissão sem justa causa, o colaborador não terá direito de sacar o FGTS nem mesmo à multa de 40% sobre esse valor, seguro-desemprego, aviso prévio, entre outros benefícios.

Faça o desligamento e os exames demissionais para lidar com a demissão de funcionários

É importante destacar que o processo de desligamento também precisa ser repassado à carteira de trabalho do funcionário. Após ele fazer a entrega dela, o contratante tem até 48h para dar baixa e fazer as pontuações necessárias no documento. Aliás, é importante ressaltar que o empregador não pode efetuar nenhum tipo de anotação desabonadora no que diz respeito à conduta do funcionário.

Inclusive a demora em fazer a devolução da carteira de trabalho pode gerar encargos à empresa, logo, é preciso ter atenção a isso. Outro aspecto importante está relacionado aos exames demissionais que são obrigatórios e visam garantir que o colaborador não tenha adquirido nenhuma doença durante o tempo em que esteve atuando na organização.

O atestado médico protege o empregador. Isso porque ele garante que durante o período em que o empregado atuou na empresa ele esteve em condições seguras, sem riscos à sua saúde.

Para lidar com a demissão de funcionários da maneira correta o primeiro passo é ter um planejamento para essas situações, evitando uma série de problemas. Depois, é preciso deixar todos esses dados arquivados. Afinal, a empresa precisa assegurar que tudo foi feito conforme a legislação.

Falando nisso, contar com um sistema que ajudará a empresa a entender e cumprir a legislação de medicina e segurança no trabalho é imprescindível. Ainda não tem um programa desse tipo implementado na sua empresa? Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções!


CNPJ: 12.133.247/0001-65

QI 01 Conjunto "B" Lote 02 Loja 01, Cidade Jardins - Valparaíso de Goiás/GO
atendimento@resgatebrasilia.com.br

(61) 4042.9450

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Google+
  • Branca Ícone Instagram