Buscar

Como fazer uma gestão eficiente de prevenção de acidentes de trabalho?


As doenças ocupacionais e os acidentes de trabalho podem causar prejuízos e sérios danos às organizações. Locais onde não existem os cuidados necessários para a prevenção de acidentes de trabalho estão mais suscetíveis a gastos desnecessários, como por exemplo, processos judiciais e até a diminuição da produtividade.

Quando uma empresa investe na saúde e segurança no trabalho, há uma repercussão positiva que contribui com o aumento da lucratividade. Isso porque investimentos na qualidade de vida dos trabalhadores potencializa o desempenho nas atividades do dia a dia, aumentando a produtividade.

Neste post, traremos para você quatro dicas de como criar e gerenciar sistemas de prevenção de acidentes de trabalho. Confira:

1. Faça um mapeamento dos riscos e planeje ações preventivas

Para fazer uma gestão eficiente de prevenção de acidentes de trabalho é necessário detectar e reconhecer os riscos que a atividade empresarial apresenta, desde atividades coletivas até as mais individuais e específicas.

Para compreender os riscos é preciso investigar cuidadosamente as características processuais e as possíveis causas de acidentes. A partir disso, é possível começar a estabelecer planos de ações que visem combater ou minimizar a probabilidade dessas ocorrências.

As estratégias definidas devem ser cabíveis de realização e podem levar em consideração a atuação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e outros órgãos que atuam com objetivo similar.

2. Garanta fiscalização e avaliação das ações implementadas

Para que o ambiente de trabalho se torne seguro é preciso garantir que as ações sejam implementadas de forma adequada e continuem sendo aplicadas em longo prazo. Nesse sentido, é importante que a fiscalização se torne parte da rotina empresarial.

Uma gestão eficiente de prevenção de acidentes de trabalho deve reavaliar periodicamente a efetividade dessas estratégias, a fim de melhorá-las e adequá-las à realidade da organização.

3. Busque envolvimento dos funcionários

Tendo em vista que as estratégias preventivas são focadas nos trabalhadores e que muitas vezes exigem medidas comportamentais dos mesmos, é imprescindível que todos os funcionários se comprometam com o programa de prevenção de acidentes de trabalho.

Para isso, a empresa deve criar e incentivar uma cultura organizacional que valorize a segurança no trabalho. Treinamentos para o uso correto dos equipamentos de proteção coletivos e individuais e campanhas de conscientização são exemplos de medidas que contribuem com o estabelecimento dessa cultura.

4. Contrate uma consultoria para auxiliar na prevenção de acidentes de trabalho

A relevância e as dificuldades encontradas no processo de gestão desses sistemas apontam para a importância de contar com ferramentas de auxílio que garantam maior efetividade na prevenção dos acidentes de trabalho.

A contratação de equipes especialistas no assunto, como consultorias em legislação de medicina e segurança do trabalho, é uma forma de assegurar maior resguardo à empresa.

A adoção de uma gestão estratégica na prevenção de acidentes de trabalho resulta em benefícios tanto para a organização quanto para os trabalhadores, além de ser uma forma de garantia dos direitos constitucionais.


CNPJ: 12.133.247/0001-65

QI 01 Conjunto "B" Lote 02 Loja 01, Cidade Jardins - Valparaíso de Goiás/GO
atendimento@resgatebrasilia.com.br

(61) 4042.9450

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Google+
  • Branca Ícone Instagram