Buscar
  • Enfermeira Luísa Amaral

Como manter Saúde Mental durante a Pandemia?


A rápida disseminação do novo coronavírus por todo o mundo, as incertezas sobre como controlar a doença e sobre sua gravidade, além da imprevisibilidade acerca do tempo de duração da pandemia e dos seus desdobramentos, caracterizam-se como fatores de risco à saúde mental da população geral.

Esse cenário parece agravado também pela difusão de mitos e informações equivocadas sobre a infecção e as medidas de prevenção, assim como pela dificuldade da população geral em compreender as orientações das autoridades sanitárias.

Durante uma pandemia é esperado que estejamos frequentemente em estado de alerta, preocupados, confusos, estressados e com sensação de falta de controle frente às incertezas do momento.

AS ESTRATÉGIAS DE CUIDADO PSÍQUICO EM SITUAÇÕES DE PANDEMIA, RECOMENDAM:

Mantenha uma rotina. Acorde cedo, tire o pijama e arrume-se para o seu dia, faça refeições saudáveis, estabeleça metas para o seu dia e durma bem;

Alongue-se para começar o dia. Pratique atividade física.

Procure realizar atividades prazerosas, tais como, aprender algo novo ou retomar algo que você já tentou aprender e teve que parar por falta de tempo; alterar as posições dos móveis da sua casa; aprender novos jogos; dentre outras atividades.

Reconheça e acolha seus receios e medos, procurando pessoas de confiança para conversar;

Invista em exercícios e ações que auxiliem na redução do nível de estresse agudo (meditação, leitura, exercícios de respiração, entre outros mecanismos que auxiliem a situar o pensamento no momento presente, bem como estimular a retomada de experiências e habilidades usadas em tempos difíceis do passado para gerenciar emoções durante a epidemia);

Se você estiver trabalhando durante a epidemia, fique atento a suas necessidades básicas, garanta pausas sistemáticas durante o trabalho (se possível em um local calmo e relaxante) e entre os turnos. Evite o isolamento junto a sua rede socioafetiva, mantendo contato, mesmo que virtual;

Caso seja estigmatizado por medo de contágio, compreenda que não é pessoal, mas fruto do medo e do estresse causado pela pandemia, busque colegas de trabalho e supervisores que possam compartilhar das mesmas dificuldades, buscando soluções compartilhadas;

Manter ativa a rede socioafetiva, estabelecendo contato, mesmo que virtual, com familiares, amigos e colegas;

Evite o uso do tabaco, álcool ou outras drogas para lidar com as emoções;

Busque um profissional de saúde quando as estratégias utilizadas não estiverem sendo suficientes para sua estabilização emocional;

Busque fontes confiáveis de informação como o site da Organização Mundial da Saúde;

Reduza o tempo que passa assistindo ou ouvindo coberturas midiáticas;

Estamos passando por um momento difícil e precisamos cuidar uns dos outros. Esse cuidado demanda empatia, respeito e compreensão pelo o momento em que os seus amigos e familiares estão vivenciando. De fato, poderemos usar com sabedoria esse período difícil para reflexão e crescimento pessoal.


Fonte: Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ (2020)



CNPJ: 12.133.247/0001-65

QI 01 Conjunto "B" Lote 02 Loja 01, Cidade Jardins - Valparaíso de Goiás/GO
atendimento@resgatebrasilia.com.br

(61) 4042.9450

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Google+
  • Branca Ícone Instagram